Telefone*
+351928095777
Horário
Segunda a Sexta: 8h-20h

Os seus discos aguentam a pressão?

A pressão a que os discos da sua coluna estão sujeitos varia de acordo com a sua posição. Deve evitar estas posições sempre que possível, ou fazer o contrário para dar resistência aos seus discos?


A pressão dos seus discos nas diferentes posições

Os seus discos da coluna estão sujeitos ao efeito de compressão mecânica devido ao movimento e, principalmente, à ação da gravidade.

Como vemos na imagem que acompanha este artigo, e considerando a posição de pé como o valor normal de “100”, estas são as pressões exercidas sobre os seus discos:

  • Deitado de lado: Menos 25% de pressão;
  • Deitado de barriga para cima: Menos 75% de pressão;
  • De pé e inclinado para a frente: Mais 50% de pressão;
  • De pé, inclinado para a frente e com peso: Mais 125% de pressão;
  • Sentado e direito: Mais 40% de pressão;
  • Sentado e inclinado para a frente: Mais 85% de pressão;
  • Sentado, inclinado para a frente e com peso: Mais 175% de pressão.

Segundo este estudo, estar sentado sem apoio nas costas aumenta a pressão nos discos em 40% e estar de pé, inclinado para a frente e com o tronco rodado aumenta a pressão em 400%.

Se pensa que isto é um aviso para evitar estas posições, continue a ler. Nada podia estar mais longe do que lhe quero transmitir. Da mesma forma que trabalhamos os músculos para eles ficarem fortes, resistentes e menos propensos a lesões, devemos aplicar o mesmo princípio a todas as estruturas do nosso corpo.


Se não sofrem pressão, não são saudáveis

Uma pessoa acamada durante um ano vai ter discos muito pouco saudáveis, apesar de estar na posição que exerce menos carga nos discos.

Desde os ossos aos músculos, passando pelos discos da nossa coluna, todas as estruturas se regem pelo princípio fundamental do Uso e do Desuso. Se usa os músculos, eles mantêm-se fortes. Se não os utiliza, eles ficam fracos e com maior probabilidade de sofrerem lesões. Os discos operam pelo mesmo princípio.


Se não há stress, não há resistência

Quanto mais conforto tiver na sua vida, menos saúde vai ter. Isto acontece porque vivemos todos os dias numa contradição entre aquilo que o corpo quer e aquilo que lhe faz bem.

Somos aliciados pelo conforto físico durante todo o dia. Cadeiras, sofás e camas, todas estas invenções foram criadas para tornar a nossa vida mais confortável. No entanto, quanto mais conforto tem, menos stress físico provoca no seu corpo. Este stress é essencial à manutenção da sua capacidade física.

Seja quando vai ao ginásio, ou quando faz uma meia maratona, está a provocar um stress que a curto prazo danifica os tecidos (músculos, ossos, ligamentos…), e que é fundamental para que no longo prazo, os tecidos fiquem mais fortes, como forma de adaptação.


A virtude está no meio termo

A pressão a que sujeita os seus discos é essencial para eles se manterem saudáveis. Por outro lado, da mesma forma que não deve reduzir a pressão dos seus discos através de posições como estar deitado, também não deve colocar um excesso de pressão durante longos períodos de tempo. A chave é a moderação.

Excetuando quando tem dor aguda e forte, o caminho para um corpo saudável nunca é reduzir a carga, a pressão ou o esforço. Deve fazer precisamente o oposto. A sua capacidade física é proporcional à quantidade de trabalho que dá ao seu corpo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *